Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O CANTO DOS MENINOS DE FIJI

Este texto encontra-se em Vila, Samuel. Enciclopedia de anedotas e ilustraciones, p 453.

Um missionário dos que trabalhavam nas ilhas Fiji, de nome Netleton, conta que, visitando a ilha de Kandava, foi objeto de homenagem por parte de 4 mil alunos da EBD. Foi uma recepção sem igual.

Os 4 mil meninos enfileirados o receberam com um canto indígena chamado “canto dos livros”: Na mão esquerda, eles portavam uma borduna e, na mão direita, um novo testamento.

Levantando o bastão, eles cantavam em tom monocórdio, porém harmonioso, a primeira estrofe do cântico:


“ESTE INSTRUMENTO É O ÚNICO LIVRO DOS PAGÃOS.

ELE TRAZ LAMENTAÇÃO, LUTO E DESDITA.

A VIÚVA É ESTRANGULADA, DERRUBADA PELA BORDUNA, COZIDA E DEVORADA.
EIS AQUI A NOSSA CANÇÃO.

NESTA ESCOLA, NEM BÍBLIA PARA OS MENINOS, NEM DIA DE CULTO E DE REPOUSO.

A GUERRA, A GUERRA CRUEL, ERA TODA A MÚSICA.

E O SANGUE DOS MORTOS TODO O NOSSO DESEJO”.


Logo em seguida, deixavam cair a borduna, levantavam com a mão direita o novo testamento e cantavam a estrofe :

“MAS O EVANGELHO DA PAZ TEM SIDO OUVIDO EM NOSSO PAÍS.

O PASSADO DESAPARECEU COM TODAS AS SUAS TREVAS.

JÁ NÃO ESTÁ NA NOSSA MÃO A BORDUNA DO SELVAGEM.

SENÃO A BÍBLIA, QUE TRAZ LUZ.

CANTAMOS UM NOVO CÂNTICO.ESCREVEMOS UM NOVO LIVRO.

ESTAMOS ALEGRES E TRAZEMOS NOSSAS OFERTAS.

PAZ E BONDADE TÊM FEITO DITOSOS OS NOSSOS LARES

E POR ISSO OS MENINOS CANTAM”.


Para quem conhece os costumes papuanos e melanésios, para quem sabe o que significa ‘twi asonai makaerin” e entende que valores morais estão acima de qualquer cultura, por mais antiga e primeva que possa ser, e, principalmente para que entende que estas pessoas são homens e mulheres que por raciocinarem, podem discernir o bom do mau e assim são donos de seu próprio destino, optando pelas suas decisões de acordo com seu livre arbítrio (não os tratem como “pobres selvagens que precisam de auxílio para pemanecer enterrados em seus costumes paleolíticos”, pois isso é pena, coisa que homens de respeito não merecem)e arcando com suas consequências, para estas pessoas que respeitam homens livres, eu resolví postar este texto e mais um filme sobre a tão aguardada chegada na casa dos Kimyal do livro dos livros, a Bíblia Sagrada, em sua língua nativa.


video

Assim diz o texto de netofuschini:
Tribo Kimyal festejando com a chegada da biblia traduzida na lingua deles.
Traducao feita pela missionaria Rosa Kidd atravez de um plano de Deus colocado em seu coracao. Atravez de muitas duvidas sobre o plano de Deus e 15 anos de trabalho aprendendo a lingua, a traducao se completou em marco de 2010.

Kimyal se encontra em Korupun, no oeste de Papua, a tribo tem mais ou menos 4 mil habitantes onde 98%(3.920 pessoas) falam apenas a lingua nativa de Kimyal.

Enquanto muitos paises rejeitam a palavra de Deus, nao crêem, fazem piadas, e ridicularizam as historias da Biblia em TV aberta, Deus leva a Sua palavra para aqueles que humildemente a recebem.

Assim como Jesus disse:

Porque, se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele.
Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?

Joao 5: 46,47
Após ler o texto decidí dar um nome definitivo ao blog: O Canto dos meninos

Nenhum comentário: