Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Cirurgia de Jabuti - Vivarium- O início do procedimento.

Estes posts a seguir são "um pedido de desculpas" às pessoas que sempre nos incentivaram a publicar as inovações que aconteciam na Vivarium, desde minha época de gestão, quando parte da equipe aqui mostrada era supervisionada por mim e outra parte chegou a ser supervisionada pelo me antigo estagiário, o Dr, Jeferson Pires. pelo visto fizemos um trabalho legal, pois hoje são veterinários competentes dos quais nos orgulhamos muito.

A princípio para nós esta cirurgia não é novidade, pois já a realizávamos há cerca de 10 anos, mas nunca publicamos em lugar nenhum. Hoje estou colocando-a aqui como um pedido de desculpas a todos os que nos admiram, pelo nosso atraso nesta área de "marketing pessoal", coisa que a equipe continua mantendo o péssimo hábito, já tradicional, pelo que vejo, de não fazer.


Agradeço aos veterinários (e também aos auxiliares: Glaucia, Fernanda, Yaro, etc)que estiveram conosco, lutando estes 16 anos. trabalhando juntos e se esforçando,para fazer da medicina de animais selvagens um assunto avançado.
João e Márcia Lílian, meus primeiros filhos selvagens, Jéferson Pires, Carolina Néry,Ana Paula França, Felipe Batalha e Marcelo Lago, Marius Belucci,Lílian, Marcelo Santiago, seus estagiários e orientados, ou seja, seus filhos selvagens também.

Sinto Falta de estar mais perto de vocês. Deus os abençoe e os guarde de todo mal.

Anestesia preliminar com Propofol intravenoso, pela jugular e entubação traqueal para manutenção com isoflurano, realizado pelo Dr. Ricardo.






Marcação e delimitação de campo com serra circular,para posterior acesso, utilizando técnica mista de abertura oblíqua e reta. A utilização de soro fisiológico durante o procedimento deve ser contínua, de modo a não causar necrose posterior no plastrão, por hiperaquecimento ocasionado pela serra circular.





Procedimento de tomada de acesso propriamente dito, após delimitação de campo com serra, realizado pelo Dr. João Luiz Barros. Cautela para não atingir órgãos subjacentes ao plastrão.







Retirada do plastrão para acesso ao campo operatório, realizada com auxílio de levantador de periósteo. Após serrarmos a placa delimitada para acesso, procedemos ao descolamento desta região para acessar a área a ser operada.



Um comentário:

KARLOS LOPES disse...

NOSSA, COITADA DESSE ANIMAL, GRAÇAS A DEUS QUE CORREU TUDO BEM.
PARABÉNS Drs